Olá, aqui estarei oferecendo receitas que eu faço e que são remédios naturais.
Entre no grupo e receba contribuições sobre vários assuntos. Venha expandir conosco!
https://www.facebook.com/groups/2407866479513120/
#emproldeGaia
#alimentaçãoedificante

Todas elas eu faço em minha rotina. Adoro cozinhar, já dei vários cursos de culinária vegana e sem glúten.
As receitas aqui apresentadas não são somente veganas, utilizo o ovo como opção em algumas, mas você pode substituir por linhaça hidratada.
Essas receitas são ótimas opções para uma dieta com menos carboidratos e gorduras ruins. Apenas pratico uma rotina que funciona para mim. Meu corpo adora.
Sou muito flexível para tudo, me movo sem criar pontos de vista com as coisas, só quero deixar algumas opções para você acrescentar em suas experiências e conhecimentos.

Vamos lá!

Receita #01

Hambúrguer de Grão de Bico

Eu costumo fazer hambúrguer de grão de bico.

300 gramas de grão de bico

1 cenoura média ralada

4 dentes de alho

Farinha de aveia ou em flocos, a seu gosto

4 colheres de farinha de linhaça dourada

Se você encontrar, mas é opcional, 3 colheres de farinha de amêndoas

Azeite

Temperinhos a gosto

salsinha fresca , somente as folhas, cebolinha verde, e ou nirá

pimenta preta

sal

páprica doce

cominho

orégano

cúrcuma

Para auxiliar no armazenamento do hambúrguer:

folhas cortadinhas de papel vegetal 10×10 cm

uma forma retangular ou prato que possa ir ao freezer

Modo de preparo

Coloque de molho por 10 horas o grão de bico

Lave bem os grãos e coloque para cozinhar com água e sem sal numa panela de pressão, inicialmente destampada para você remover a espuma branca que se forma , é o restante de fitato do grão. Troque a água e coloque uma nova, com 3 dedos acima dos grãos, feche a panela e coloque em fogo médio até subir a pressão, daí você pode abaixar o fogo para concluir o cozimento por 10 minutos.

Desligue o fogo e não abra a panela, deixe a pressão terminar.

Remova toda a água do grão de bico, deixe esfriar um pouco.

Enquanto isso você pode cortar em 4 partes a cebola, amassar o alho, separar a salsinha, ralar a cenoura, separar as farinhas e os temperinhos.

Coloque para processar

O grão de bico, alho, cebolinha, salsinha, os temperinhos a gosto, azeite… até que vire uma massa

Depois misture a essa massa a cenoura ralada, as farinhas e vá misturando e percebendo o ponto, evite colocar muita farinha, pois o hambúrguer será congelado e endurecerá, você só vai fazer o molde e colocar para congelar

Faça uma bola generosa e achate, arrumando as bordas, moldando feito hambúrguer

Coloque cada hambúrguer sobre a folha de papel vegetal na primeira camada, e para a segunda camada coloque mais uma folha de papel vegetal para não grudar.

Coloque para resfriar no freezer por pelo menos 1 hora

Depois você pode remover o papel vegetal e embalar da forma que achar melhor, mantenha congelado.

E para esquentar, eu costumo usar uma omeleteira antiaderente (que vc pode ficar virando sem abrir) pode colocar congelado, mas com um fio de azeite ou óleo de coco.

Fogo baixo.

Bom apetite!!!

Receita #2

Purê perfumado de maçã

Essa deliciosa iguaria além de ser cheirosa e muito saudável é uma opção de café da manhã ou sobremesa.
Como o meu desjejum é somente água com limão, eu escolhi comer frutas no intervalo até o almoço e essa é uma das minhas opções por ser estimulador do agni (foto digestivo) e Regula o PH

Vamos aos ingredientes
Mínimo de 3 maçãs
Mas você pode fazer a quantidade que desejar. Na (foto) fiz com 7 maçãs fugi Temperos à gosto
Canela em pó
Noz moscada em pó *pouquinho
Cravo da Índia
Tâmaras picadas
Opção também como substituição ou complemento: passas, cramberries
Amêndoas picadas *hidratada por 7 horas (coloque sem a água)
O mesmo procedimento para nozes, avelã (a seu gosto)
Mas a preferência são as amêndoas, caso queira excluir alguma dessas.

Um pouco de óleo de Coco ou ghee* manteiga clarificada.

Preparo:
Retire a casca e o miolo com as sementes das maçãs
Corte a maçã em 4 partes e depois em fatias finas como na (foto)
Unte a panela com o óleo, somente um pouco. Como 1 colher de sopa.
Abaixe o fogo e despeje toda a maçã fatiada. Coloque os temperos.
Vá mexendo sempre em fogo baixo.

***Ah quem quiser pode ralar um pouquinho de gengibre também.

Não coloque água pois a maçã soltará água. Tampe e fique mexendo de vez em quando
Coloque as oleaginosas hidratadas e picadas
As tâmaras, passas ou cramberries. Tampe e sinta o perfume. Hummmmm!

Sirva imediatamente ou guarde na geladeira pois dura 1 semana armazenado

O ponto é a maçã bem molinha como na (foto)
Divirtam -se. Cozinhar é uma arte e comer o que você cozinha é uma grande satisfação.

Receita #03

Eu nomeei essa receita assim: Mousse rapidim

Receita para 1 pessoa, vá aumentando de acordo com o número de pessoas.
Somente utilize
1 banana prata madura
1 colher de sopa à gosto de cacau em pó *sem açúcar
1 colher rasa de chá de tahine (pasta de gergelim) ou manteiga de amendoim *sem açúcar
Quem gosta de canela pode colocar por cima também
Amasse bem a banana, acrescente os outros 2 ingredientes e misture bem.
É muito gostoso, você deve consumir logo após o preparo, pode colocar na geladeira por uns 10 minutos e servir mais gelado como sobremesa.
Hummmm!

Receita #04

Leites Vegetais

– O leite de Aveia é o mais famoso e o mais rápido, para 1 litro separe

1 litro de água
2 1/2 xícaras bem cheias de aveia em flocos finos ou grandes. * eu uso grandes
Deixe de molho a aveia nessa água por 1 hora
Depois bata tudo no liquidificador
Coe num coador de voal com elástico, ideal para coar suco verde.
Está pronto o seu leite e você pode deixar na geladeira. Pode consumir puro, mas prefiro adicionar frutas
** Para fazer leite de castanha de caju, macadâmia amêndoas ou avelã, você deve deixar de molho durante a noite , descartar a água do molho e bater com agua renovada
Quantidade – 1 xícara da oleaginosa preferida para 500 ml de água, coar bem.
  • Arroz branco, você pode deixar de molho em água por 3 horas e bater com a água do molho, coar e reservar na geladeira.
  • Leite de coco, 1 xícara e meia de pedaços de coco seco, 1 litro de água.
Não precisa remover a película dele pois é um excelente vermífugo, bata tudo muito bem, coe e está prontinho.
  • Leite de Sementes de Girassol – Deixe 1 xícara de sementes de Girassol sem casca de molho por 8 horas, remova essa água e coloque 1 litro de água. Bata bem.
  • Leite de cará, o inhame que pode ser consumido cru
Separe um cará grande e retire a casca, pique em quadradinhos e coloque de molho em água por 12 horas, remova essa água e coloque 1 litro de água, bata bem e coe no voal.
Esse leite é muito nutritivo, e você tomando esse leite você afasta os mosquitos. rsss

Todos esses leites podem ser usados para fazer vitaminas.

Receita #05 – Vitamina maravilhosa
Essa vitamina eu preparei com morangos e tâmaras, mas você pode variar a seu gosto.

Separe 200 ml de leite de aveia

5 morangos, 4 tâmaras sem caroço
1 pitada de noz moscada * opcional
1 pouco de canela em pó, bata tudo e tome na hora. *opcional
  • Dicas extras para outros sabores
Existem opções com banana, abacate, manga, mirtilo (blue berry), maçã, damasco, amora, fica muito bom também.
Alguns leites vão muito bem com um pouco de cacau em pó sem açúcar, tâmaras para adoçar e canela em pó.

A tâmara já adoça, outra dica para adoçar é deixar 2 colheres de sopa de passas pretas de molho da noite para o dia e incluir na bebida, as passas também são ótimos adoçantes. Outra dica é o melado de cana, que fica legal com vitaminas de abacate, banana, cacau. Hummm

Observação: Aproveite as sobras, após coar para incluir em outras receitas as fibras das oleaginosas, do girassol, o cará, coco e aveia. O Arroz você pode aproveitar para cozinhar e incluir em seu pão ou bolinho.

 

Receita #06

Overnight –  “Aveia adormecida”

Uma dica muito saborosa para o seu desjejum
Fonte de fibras, proteínas e multi vitaminas, é muito fácil de fazer. Ideal é preparar a noite.
Para uma pessoa.
Separe a base dessa receita, as frutas você vai alterando a seu gosto
Você pode preparar num vidro com 200 ml ou copo também de 200ml
  • Coloque 4 colheres de sopa de aveia em flocos.
  • Leite vegetal*  da sua preferência, cubra a aveia com esse leite, cerca de 100 ml ou mais, porque a aveia vai hidratar bastante (*veja na receita #04)
  • Coloque, 2 colheres rasas de sopa de sementes de chia
  • Uva passa  ou cramberrie, ou tâmaras ou damasco a gosto 
  • Castanha de caju ou nozes
  • Você pode decorar como quiser, misture tudo muito bem, veja se precisa incluir mais leite
  • Não precisa adoçar, porque as frutas secas vão fazer esse trabalho , e mais , as frutas que você colocar por cima poderão ajudar também.
 
***Dicas de frutas para colocar por cima: 
Manga, morango, banana, kiwi, mamão, mirtilo, goiaba, abacate. 
maçã* colocar na hora de consumir
 
  • Overnight de chocolate, você pode incluir uma colher de sopa de cacau em pó e misturar bem, prefira colocar banana para decorar e canela a gosto.

Se você preferir colocar as frutas picadas na hora de consumir, tudo bem. Dependendo da fruta seria melhor, porque fica ácida. Tampe o vidro e coloque na geladeira. Vai passar no mínimo 7 horas, da noite para o dia, é o ideal, fica muito cremoso!

Você pode criar a vontade a partir dessa base, siga a sua intuição.
É uma delícia! Pura vida!

 

 

Receita#07 Pão rápido para sanduíche

Receita para 1 pão

Separe: 1/2 xícara de farinha de aveia. Só serve a farinha.

1/4 de xícara de fécula de mandioca ou polvilho doce.

1/2 colher de chá de sementes de chia.

sal a gosto

1 colher de sopa de flocos de aveia

1 colher de sopa de sementes de girassol

1/2 colher de chá de fermento para bolo

1 ovo inteiro

3 colheres de sopa cheias de água ou leite vegetal. *receita#04

Azeite para untar a frigideira

Unte a frigideira com um fio de azeite e espalhe bem, coloque espalhado, os flocos de aveia + as sementes de girassol.
Reserve
Junte numa travessa, as farinhas e chia. coloque o ovo , misture bem, sal a gosto e por fim vá colocando a água ou leite, veja se precisa de mais, o ponto da massa é como um mingau grosso.
Coloque uma grade do seu fogão por cima de outra, fogo bem baixo, jogue toda a massa na frigideira. Tampe e deixe cozinhando sem mexer por 2 minutos, vá olhando, depois vire e deixe mais um pouquinho. Está pronto! Vai ficar uma massa aerada e muito macia, veja a imagem.
É um pão leve e muito nutritivo, pode comer com o hambúrguer de grão de bico Receita#01 nessa página ou faça o recheio que desejar.
Bom lanche.

 

Receita #08

Panqueca de Banana

Essa panqueca é bem fácil e rápido de fazer. Se você curte panquecas doces ou crepes, vai adorar essa receita

Separe 1 banana prata e amasse bem

1 ovo inteiro, mas sem a película da gema. Você pode fazer sem ovo também, use um pouco de farinha de linhaça dourada.

meia colher de chá de sementes de chia.

Se quiser que a panqueca fique mais consistente, coloque 1 colher cheia de farinha de aveia.

Bata bem o ovo, inclua a banana amassada, as sementes de chia e se quiser a farinha de aveia. Você poderá fazer como uma omelete , sem a farinha, basta bater bem o ovo antes.

Tem duas formas de fazer:

Em qualquer uma dessas opções prefira sempre o fogo bem baixinho.

Numa frigideira você pode colocar a massa em colheradas e fazer mini panquecas, deixe bem finas para cozinhar bem.

OU

Numa omeleteira, a frigideira dupla, nela você pode ir virando a massa totalmente sem abrir a panela.

Você deve untar com um fio de azeite ou óleo de côco a frigideira escolhida, se for a omeleteira, coloque dos dois lados. Nessa exclusivamente é ideal espalhar toda a massa encobrindo todo o diâmetro.
Na frigideira aberta você pode fazer mesmo em colheradas.

Aproveite no lanche ou no café da manhã. Ela fica adocicada por causa da banana e se quiser acrescentar mais doce, vai bem com geléia, mel, manteiga de amendoim, granola e canela em pó à gosto. Hummm. Bom apetite.

Receita #09

Berinjela crocante

Separe: 1 berinjela grande

1 ovo inteiro ou  se você preferir uma receita vegana, substitua 1 ovo por 1 colher  de sopa cheia de linhaça dourada. Hidrate as sementes em 4 colheres de água por 30 minutos ou até formar uma consistência como clara de ovo.

Temperos, orégano, páprica picante, pimenta, sal a gosto

3 dentes de alho bem amassadinhos

Queijo parmesão ralado,  cerca de 100 gramas

Opção vegana para queijo ralado: farinha de amêndoas ou castanha do Pará ralada.

1 assadeira retangular untada com azeite e farinha de arroz ou somente uma folha de papel vegetal.

Bora fazer:

Descasque a berinjela e deixe como na foto

Corte depois em rodela  com 1 cm de espessura

Mergulhe as rodelas numa tigela com água e vinagre para não escurecer.

Numa tigela pequena, misture o ovo ou a linhaça com os temperos e o alho. Bata tudo muito bem. Teste o sal porque deve ficar um pouco mais salgado do que para uma omelete por exemplo, isso porque a berinjela será temperada somente com essa mistura e depois assada.

O queijo parmesão ou a outra opção para empanar você deve separar  num prato.

Coloque uma rodela de cada vez na mistura temperada e em seguida passe no queijinho, coloque na assadeira.
Vá arrumando uma ao lado da outra. Aqueça o forno médio. Coloque na aparte superior do seu forno. Levará em média 30 minutos para assar.

 

Receita#10

Bolinho de Arroz

Eu sempre procuro aproveitar sobras de arroz, costumo acrescentar nas receitas de pães, no hambúrger e bolinhos.

Separe aí:

  • 2 xícaras de arroz cozido
  • 3 colheres de farinha de aveia, como preferir, acrescentar se precisar após sovar a massa.
  • 1 colher de farinha de linhaça
  • Sal a gosto
  • 1 ovo, ou a opção de linhaça hidratada
  • 50 gramas de queijo parmesão ralado ou 2 colheres de levedura nutricional (substituindo o queijo ralado)
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva (ajuda a dar mais liga)
  • cheiro verde bem picadinho à gosto
  • orégano  e pimenta do reino à gosto
  • 1/2 xícara de água, *molhar aos poucos
  • páprica picante, cúrcuma à gosto
  • 1 colher de sopa de sementes de chia hidratada por 15 minutos em 2 colheres de água
  • 1 cenoura ralada
  • OPÇÃO: Brócolis bem picadinho, sem o cabo, só as flores, 3 colheres
  • Farinha de arroz e azeite para untar a assadeira

Obs: Se o arroz já estiver temperado evite colocar alho na receita, mas se não foi temperado, você pode colocar 2 dentes de alho bem amassados.

Misture todos os ingredientes com as mãos, vá amassando até agregar bem todos os ingredientes, a água você perceber a quantidade. O ponto da massa é como um croquete ou kibe, onde você deverá criar bolinhos iguais, pegando 1 colher cheia e apertando bem na palma da mão, veja o tamanho ideal e coloque numa assadeira untada com azeite e farinha de arroz.

Asse em forno médio por 30 minutos, vá observando, se quiser virar os bolinhos também pode.

 

 

Receita #11

Antepasto de Tomates secos

  • 150 gramas de tomates secos sem azeite ou água. Você compra a granel, o seco.
  • 3 colheres de sopa cheias de folhas de manjericão frescas e picadas.
  • Azeite extra virgem
  • 1 dente de alho amassado
  • Pimenta calabresa, 1 pitada e sal à gosto
Coloque os tomates secos para hidratar até ficarem macios. Remova essa água.
Pique os tomates,  inclua o alho, sal, azeite até ficar um molho envolvendo bem os tomates. A pimenta é opcional.
Coloque o majericão picado e misture bem.
Armazene num vidro com tampa em geladeira e sirva com o pão rápido * Receita #07
hummm é uma deliciosa entrada

 

Receita #12

Brownie de grão de bico com nozes e passas pretas

Receita para 1 forma média e retangular
Meio kg de grão de bico deixado de molho por 12 horas.
2 xícaras de cacau em pó sem açúcar
Açúcar mascavo a gosto, no mínimo 2 xícaras cheias
100 ml de melado de cana é opcional. Caso você escolha colocar também o melado, verifique o doce da massa antes de colocá-lo.
Meia xícara de nozes bem picadinhas.
Meia xícara de passas pretas
1 pitada de sal a gosto.
Canela em pó à gosto
7 colheres de sopa de óleo de côco
Para untar a assadeira – Óleo de côco e em seguida cacau em pó.
Preparo – Cozinhe o grão de bico na pressão numa nova água, não deve ser a que deixou de molho. Os grãos devem estar bem macios após o cozimento, remova toda a água e não precisa retirar a casca após o cozimento. Assim que esfriar um pouco processe bem até ficar uma massa de grão de bico.
Com essa massa colocaremos o óleo de côco, o cacau, a canela, o melado e açúcar a gosto, 1 pitada de sal, as passas e as nozes trituradas, mexa bem com as mãos, amassando tudo, ou com um soquete, até ficar bem homogênea. Teste o açúcar e se quiser acrescente a seu gosto.
Unte a forma com óleo de côco e depois espalhe o cacau em pó, coloque a massa pela forma em meia altura, asse em forno médio por 30 minutos.
Uma dica, sirva quentinho com sorvete de creme ou de bananas d`água congeladas e processadas. Fica perfeito!
Você pode servir também geladinho com cobertura de manteiga de amendoim e nozes para decorar.

Receita#13

Smoothie de Amendoim


Essa bebida fica deliciosa mais geladinha.

Separe:

 

1 colher de sopa cheia de manteiga de amendoim sem açúcar

200 ml de leite de aveia, veja na receita #4 Leites Vegetais

2 bananas d`água geladas

1 colher de café de essência de baunilha.

1 colher de chá de cacau em pó *obs é bem pouco para deixar que todos os sabores predominem.

Bata tudo muito bem até ficar bem cremoso

Hummm é uma deliciosa bebida!

Super nutritiva também.

Experimente!

 

Receita #14

Rejuvelac

Antes de iniciar essa série de queijos vegetais, quero deixar uma dica para você fermentar o seu queijo. O Rejuvelac é um pro biótico, auxilia a flora intestinal proporcionando excelentes benefícios para a sua saúde. Pode ser usado em sucos e em alimentos fermentados, nos queijos deixa um sabor especial, aquele leve azedinho.

Preparo

– 1 xícara de trigo em grão OU cevadinha em grão

– 1 litro de água mineral

1- Colocar o trigo em grão de molho em um pouco de água até cobrir completamente.

2- Depois de 8 horas de molho, escorrer o trigo e desprezar a água.

3- Deixar os grãos em uma peneira durante mais 8 horas, tomando cuidado para que os grãos não sequem. Se necessário, enxaguar em água durante essas 8 horas.

4- Depois de 8 horas, eles devem apresentar uma pontinha branca, sinalizando que já estão germinados

5- Colocar estes grãos germinados em 1 litro de água mineral e deixar coberto com um voal, em temperatura ambiente de 24 a 48 horas fermentando.

6- O aspecto é um liquido turvo, meio esbranquiçado. Remova os grãos e reserve para mais uma fermentação. Colocar o rejuvelac em uma garrafa com tampa e deixar na geladeira por até uma semana. Como sugestão de consumo, tomar um cálice por dia com limão espremido. Eu tomo pela manhã, é maravilhoso!

 

Série de Receitas de Queijos Vegetais

Receita #15

Queijo de Macadâmia e Castanha de Caju

Separe 1 xícara de noz macadâmia já descascada
1 xícara de castanhas de caju cru *não pode ter sido torrada
4 colheres de sopa cheias de rejuvelac* receita#14 veja nos posts anteriores.
1 pitada de sal * apenas um pouco no início da fermentação, após a fermentação colocar à gosto.
Deixe os grãos separados de molho em água filtrada por pelo menos 8 horas
Após o molho retire a água e use apenas as sementes hidratadas
Processe as sementes num mix ou processador, de forma que fique bem triturado, formando uma bola branquinha e úmida.
Coloque essa bolinha numa sacola de voal e amarre bem , não esprema o leite que vai começar a cair, deixe escorrendo num recipiente durante todo o dia, num canto limpo e com pouca luz
Geralmente leva 2 dias inteiros para o queijo começar a ficar com o sabor ideal.
Se formar um fungo em volta, é natural, como qualquer queijo  fermentado em ambiente aberto. Você pode passar um papel toalha e remover o excesso.
Dicas de saborização: Você pode testar o sal no final da fermentação, e pode também incluir 1 colher de chá bem rasa de fungui em pó. Fica maravilhoso!
Outra dica é mixar tomatinho seco com manjericão, muito bom também!

 

#queijosvegetais

Receita #16

Queijo com mandioquinha

2 xícaras de mandioquinha (Batata Baroa) cozida
1 xícara de polvilho azedo
1 xícara de polvilho doce
1/2 xícara de rejuvelac*
Sal à gosto
1/4 xícara de azeite
1/2 colher de sopa de limão * coloque pouco
2 colheres de sopa de levedura nutricional (encontra em casas de cereais à granel)
1/2 colher de chá de cúrcuma se quiser deixar seu queijo mais amarelinho.

1/2 colher de chá de páprica doce ou picante

 

Bata a mandioquinha cozida no processador, tem que triturar bem.
Amasse com um garfo se ficar algum pedacinho.
Misture os outros ingredientes (as farinhas por último) e amasse bem. A massa não deve grudar nas mãos. Se necessário, acrescente polvilho doce, para a massa ficar firme.
Se você consumir o queijo cru, sem aquecer, é bom fazer com a mandioquinha quente, daí você pode amassar  com garfo e misturar a massa com uma colher de bambu. O polvilho cozinha quando entra em contato com a mandioquinha.
Coloque num pote de vidro untado com azeite aos poucos, vá apertando a massa para não ficar com ar, depois unte acima com azeite e deixe a superfície bem lisinha. deixe descansando por 4 horas. Cubra com um tecido voal.
Depois coloque na geladeira por 2 horas e desenforme.
Está pronto, uma delícia essa queijo!

 

#queijosvegetais

Receita #17

Queijo de Sementes de Girassol e amendoim

2 xícaras de amendoim cru
2 xícaras  de semente de girassol
suco de meio limão
4 colheres de sopa de rejuvelac* atenção, se você não tiver rejuvelac, você pode colocar um limão inteiro
sal e pimenta à gosto
3 colheres de sopa de azeite
3 colheres de sopa de polvilho doce
3 colheres de sopa de alevedura nutricional
1 dente de alho (para quem gosta de um sabor mais picante, opcional)
1 colher de sopa de agar agar
150 ml de água
Deixe os grãos separados de molho em água filtrada por pelo menos 8 horas. Após o molho retire a água e use apenas as sementes hidratadas
Processe as sementes num mix ou processador, de forma que fique bem triturado, formando uma massa branquinha e úmida.
Coloque  a água  e o agar agar numa panela e dilua bem , deixe ferver. Desligue o fogo. Misture tudo, a massa e esse líquido bem.
Unte com azeite potinhos com tampa, se tiver de vidro , melhor. Deixe na geladeira por 4 horas. Depois você pode servir.
Hummm é uma delícia de queijo.

 

 

Receita#18

Tapioca de mandioca crua – o meu queridinho  com as pastinhas

Já fiz ceias veganas deliciosas e garanto para vocês que dá para ter um orgasmo gustativo com essa combinação que vou deixar aqui. Assim você poderá usar a sua criatividade para criar uma entrada maravilhosa para a família e amigos.
Em breve darei dicas de mais pastinhas também, maravilhosas!

Para 1 pessoa é necessário uns 3 pedaços de mandioca de cerca de 5 cm cada um. Isso é suficiente.
Descasque, lave bem, e deixe de molho em água filtrada por 1 dia, fora da geladeira. Cubra bem as raízes, você pode deixar até 3 dias, ela vai fermentar um pouquinho, não mude a água, isso deixará um sabor maravilhoso, tipo queijo parmesão.
Rale bem fininho os pedaços de mandioca, separe aquele fio , como uma raiz do meio. Misture bem a massa da mandioca úmida e coloque um pouquinho de sal. Continue misturando e colocando a sua energia e seu amor.
Unte a frigideira com azeite e espalhe bem essa massa, amasse bem para que fique como uma tapioca mesmo , abaixe  bem o fogo e deixe ali, sem tampa, cozinhando, depois vire, vá olhando e você vai perceber que a massa deu liga com o calor, fica bem cozida, daí você pode desligar o fogo.

 

Receita #19

Pasta de Beringela defumada com Tahine

Separe 1 Beringela firme
Embrulhe de forma dupla, reforçada, bem vedada a beringela no Papel alumínio
Coloque o fogo do fogão, baixo, e deixe a beringela embrulhada na boca do fogão mesmo, vai estalar um pouco, ela vai defumar ali, vai levantar um cheiro de defumado, eu gosto muito.
Vá virando com a ajuda de um pegador para a sua segurança, não use garfo. Você vai virar até que a beringela esteja muito mole. Retire do fogo, desembrulhe com cuidado, com a ajuda de uma colher e um garfo, vá removendo a casca de cima , raspe toda a massa interna da beringela, sem a casca.
Separe essa massa e amasse bem com o garfo, coloque meio suco de um limão, sal a gosto, 1 colher de sopa de tahine, 1 colher de azeite de oliva extra virgem, você pode optar por manjerião ou salsinha no tempero final.
Teste o sal, e coma juntinho com a tapioca.

Gente, é divino! Me conte depois como foi a experiência!

 

Receita #20

Pasta de Girassol Temperada

Essa pastinha é uma delícia!

Ingredientes:

1 xícara bem cheia de sementes de girassol sem casca

6 azeitonas verdes sem caroço

Meia cebola

Sal à gosto

2 colheres de azeite de oliva extra virgem

Salsinha à gosto

Deixe as sementes de girassol hidratando em água por 6 horas.

Retire a água. Processe as sementes com todos os ingredientes até ficar uma pasta. Pode usar o mix se preferir.

Sirva em seguida.

Dica de conservação: 2 dias na geladeira.

 

Como tornar a sua salada ainda mais saborosa?

Receita #21

Molho de Maracujá

Separe 2 maracujás maduros, retire a polpa da fruta e bata no liquidificador com a mesma quantidade da polpa , de azeite de oliva extra virgem, coloque sal a gosto , aos poucos e vá provando. O molho realça o sabor da sua salada. Algumas pessoas adoram em outros pratos. Experimente, maracujá faz muito bem, veja alguns benefícios para a sua saúde.

  • Fonte abundante das vitaminas A, C e outras do complexo B.
  • Apresenta boa quantia de sais minerais, entre eles o cálcio, ferro, fósforo e sódio.
  • É um ótimo calmante natural para o organismo humano.
  • As sementes ajudam a equilibrar as bactérias intestinais, eliminar toxinas, reduzir o risco de tumores no cólon, promover o movimento intestinal regular, prevenir a constipação e as hemorroidas.
  • O Azeite de Oliva é rico em ácidos graxos monoinsaturados (ômega 9), o seu consumo regular contribui para a redução do colesterol ruim (LDL) e elevação do bom (HDL). Ele também é rico em polifenóis compostos que respondem pelo sabor característico, além de terem ação antioxidante e preventiva de doenças cardiovasculares.

 

Receita #22

Sobremesa com frutas

Uma dica leve e saborosa em dias quentes.
Substitua o sorvete com gorduras trans por uma taça de frutas ácidas como morangos e kiwis picados e geladinhos com leite de côco, farinha de amêndoas à gosto, passas brancas hidratadas por 30 min e para ficar top, castanhas de caju hidratadas por pelo menos 1 hora.
Coloque tudo junto e misturado e curta essa delícia bem geladinho!
Cuide de combinar frutas.
Prefira manga com banana e mamão
Maçã vai bem com todas porque é mais neutra.
Evite cítricos com frutas doces.
Receita #23

Panqueca zero sacarose e muito saborosa!

Uma delícia para a sua ceia de Natal!
Essa panqueca é bem fácil e rápido de fazer.
Criei essa receita porque escolhi comer algo com a textura de rabanada, porém super leve e mais rica em nutrientes.
Se você curte panquecas doces ou crepes, ou a RABANADA para o Natal, vai adorar essa receita, você pode usar essa panqueca para o seu café da manhã ou como substituição da rabanada. Não é uma comparação com a rabanada, é uma forma de ter uma receita mais leve com um sabor especial nesse Natal.
Para fazer 6 panquecas, use 3 bananas pratas maduras e amassadas
2 maçãs sem casca e raladas
1 colher de sopa de farinha de linhaça dourada
3 gotinhas de essência de baunilha
Uvas ou cramberries secas à gosto
Tamaras sem caroço picadinhas à gosto
Meia xícara de farinha de aveia (ou) farinha de côco
Gotas de chocolate 80%
Nozes picadinhas à gosto
Canela em pó à gosto
Misture bem todos os ingredientes e unte uma frigideira antiaderente com um fio de óleo de côco (fogo bem baixinho para cozinhar a sua panqueca.
Coloque em porções da sua preferência, se tiver uma forma para moldar fica bem bonito, existem vários formatos, em coração, redondos e até piramidais.
Observe se cozinhou um pouco e vire a porção.
A opção do chocolate pode deixar o sabor meio amargo, caso alguém prefira, mantenha, ou troque por um chocolate menos amargo. Eu sempre uso 80%, gosto do doce das frutas combinando com o chocolate.
A dica é evitar a sacarose, alguns chocolates tem muito açúcar, por isso a sugestão de usar a 80%
Sem o chocolate fica bom demais também. Decore com frutas vermelhas ou geléia adoçada com frutas. Fica muito bom!
Você notará que essa receita não fica atrás de uma boa rabanada, e tem muitos benefícios nutricionais. O prazer de degustar um alimento onde você percebe todos os sabores é maravilhoso!
Essa compensação emocional que as pessoas buscam ao mudar a dieta é algo que devemos considerar, eu concordo com essa visão de que sim, para mudar a sua dieta, é preciso manter os sentidos ativos e curtir muito tudo o que se prova.
Vamos juntos nessa ciência culinária.
Beijo com afeto e cerejinhas
Kátia Erbiste
Bom apetite.
Se você gostou, tem muita contribuição para você no grupo Criando Expansão (novo) no facebook. Venha expandir conosco!
https://www.facebook.com/groups/2407866479513120/

 

Receita #24

Sobremesa – Delícia de Massa Puba com Côco

Essa deliciosa sobremesa é muito leve e nutritiva, uma dica bacana para a sua ceia da virada!
Separei 2 mandiocas e descasquei, cortei em pedaços médios e deixei de molho em água mineral por até 5 dias. Adaptei o preparo da massa puba tradicional.

Eu fiz muitos bolos de massa puba tradicional, só que deixava as raízes de molho por 7 dias. Armazenava numa panela bem tampada as mandiocas descascadas em água, não trocava essa água, ficava assim até o final. A mandioca fermentava e se desfazia inteira. Essa é a massa puba, ou massa podre. Cheirinho bommm! (risos)

Como disse, eu adaptei levando em conta que se trata de uma receita diferente e que você poderá trocar a água 2 dias depois do início do molho se você notar  ela muito esbranquiçada e com cheiro,  você pode fermentar a mandioca dentro de casa, apenas de 3 à 5 dias, sem tampar, mas encobrindo bem as raízes em água. Só retire do molho se as raízes estiverem amolecidas, desfiando, se desfazendo em suas mãos.

Além das 2 mandiocas, cerca de 8 pedaços, separe;

5 colheres de sopa de açúcar demerara orgânico OU açúcar de côco (DICA: eu coloco pouco açúcar, prefiro comer com calda de frutas)

4 colheres de sopa cheia de farinha de côco

2 colheres de sopa cheia de óleo de côco

100 ml de leite de côco

6 colheres de côco ralado

1 pitada de sal

Cravos da Índia para enfeitar

Dicas para aompanhar a sua sobremesa, geléia de frutas vermelhas, tâmaras ou ameixas secas.
Se gosta de calda de ameixas, pode fazer que fica muito bom também.

 

Preparo:
Após o molho da mandioca por até 5 dias.

Retire a fibra central e aproveite todo o restante da raíz, remova a água do molho, coloque essa massa numa peneira e jogue um pouco de água apenas para lavar.
Coloque num processador junto com o leite de côco e o côco ralado, processe bem.

Coloque o óleo de côco e o açúcar aos poucos, vá processando a farinha de côco e perceba se vai ficar seca a massa. Remova então do processador e misture com uma colher o restante , se ficar muito seco coloque mais um pouquinho de leite de côco.
Unte uma forma com óleo de côco e espalhe a massa , ela ficará como uma cocadinha, é bem rasa, cerca de 2 cm de espessura.
Decore com cravos da Índia a seu gosto e deixe assando por 20 minutos em forno médio ou até notar o fundo num tom mais dourado.

Sirva com as frutas sugeridas acima.

#orgasmogustativo
#saúdecomprazer

 

 

Receita #25

Empadão com legumes -Receita vegana

Eu adoro empadão e você! Deixo uma receita super gostosa com uma massa rica em proteínas.

Ingredientes para a massa:

1 xícara de grão-de-bico cozido na água e sal.

20 ml de azeite

sal a gosto

1 colher de cafezinho de cúrcuma

150 g de farinha de arroz

60 ml de água

 

Ingredientes para o recheio:

240 g de palmito pupunha

150 g de vagem bem picadinha

1 colher (sopa) de amido de milho, (maizena)

100 g de cebola

30 ml de azeite

50 g de azeitona preta fatiada

120 ml de água

Sal a gosto

Orégano a gosto

Pimenta-do-reino a gosto

1 lata de seleta de legumes

Dica: você pode fazer com brócolis também, pode fazer com repolho e tomates, abobrinha, queijos vegetais como temos aqui em outras receitas, enfim, crie deliciosamente!

Preparo, refogue primeiro, a cebola com o azeite, coloque a vagem, o palmito, a cenoura e o orégano, deixe cozinhando em fogo baixo até que fiquem cozidos todos os ingredientes, tempere com o sal e a pimenta. Depois coloque o amido de milho para engrossar o molho, mexa bem. Coloque no final a azeitona e desligue o fogo.

Massa – Processe o grão-de-bico, o azeite, sal, água e a cúrcuma. Numa tigela coloque a  farinha de arroz, adicione a mistura e mexa com a ajuda das mãos até formar uma massa firme. Unte com um pouco de azeite a forma, ou mini formas , se preferir fazer fracionado. Arrume a massa forrando a forma. Reserve uma parte para encobrir após colocar o recheio. Pincele com oléo de côco e cúrcuma para dourar.

Coloque o recheio. Cubra com uma outra parte da massa. Leve forno pré aquecido a 180° C por aproximadamente 30 minutos.
É uma delícia, experimente!

 

Receita#26

Pãozinho fácil de banana da terra

Esse pãozinho delicioso que solta na boca de tão macio é uma de minhas opções num lanche.
Sem glúten, sem lactose e sem fermento, esse pão é uma facilidade.

A banana da terra é rica em fibras alimentares que auxiliam no equilíbrio intestinal;

Tem ação probiótica, pois é substrato para as bactérias benéficas presentes no intestino;

Possui flavonóides, portanto, apresenta ação antioxidante;

Para cada pessoa, separe:

2 bananas da terra
3 colheres de sopa de farinha de côco
1 colher de chá rasa de óleo de côco
4 colheres de sopa de água quente. Se precisar mais, acrescente. Vai de acordo com a absorção da farinha de côco.
Sal, uma pitadinha só.

 

Cozinhe a banana no vapor com casca por 15 minutos ou até perceber que cozinhou bem.
Remova a casca e também as sementes, o fio central dela, principalmente se estiver endurecido. Tem épocas que isso acontece. Amasse bem a banana quentinha.
Coloque a farinha e mexa bem, vai ficar seco, coloque o óleo de côco e a água quente e amasse.

Depois que esfriar continue amassando com as mãos, a massa fica muito macia, veja na proporção água ou farinha, para a massa não grudar em suas mãos.
Unte uma frigideira com óleo de côco e molde no tamanho que quiser, e se puder, deixe bem baixo o fogo que é melhor.

Se tiver uma placa de metal ou o banho Maria é ótimo. Tampe a frigideira e deixe cozinhar um pouco.

É muito bom. Derrete na boca.
Vai muito bem com leite de aveia batido com uma banana e cacau e canela, quentinho ou em temperatura ambiente.
Bom lanche!

 

 

Receita #27

 

Kombucha. Uma bebida deliciosa! Todo o processo até a saborização.

Essa bebida maravilhosa, refrescante e probiótica é chamada Kombucha. De origem japonesa, ela pode ser consumida 1x ao dia para manter as bactérias boas de seu intestino, favorecendo sempre a microbiota e isso traz grandes benefícios também no equilíbrio nervoso.
A levedura se desenvolve num recipiente de vidro com boca larga e sem tampa e com capacidade para 2 litros de chá verde ou preto e açúcar demerara orgânico. É uma bebida fermentada e leva em média de 4 a 7 dias de acordo com o clima. No verão tenho deixado 4 dias, em dias quentes, para extrair o chá fermentado e depois da extração, saborizar.
Essa etapa eu também adoro pois é um laboratório.
Hoje eu mixei 7 morangos. 🍓🍓🍓🍓🍓🍓🍓
Depois no outro vidro saborizei com 1 manga Palmer docinha.🥭
E no terceiro com 2 laranjas 🍊🍊 seletas doces e 3 limoes 🍋🍋🍋.
Costumo também saborizar com suco de uva 🍇 integral sem açúcar.
Essa bebida refresca e faz muito bem, desintoxica o fígado. Deve ser tomado como um antídoto e não como um refresco regular. Muitos tomam demais por parecer um refrigerante com o gás que gera. Mas como a bebida possui um grau de acidez acentuado, o cuidado no tempo de fermentação é aconselhável. Por isso eu provo com 4 dias de fermentação para saber o momento de extrair.
Você precisa ter:
1 scoby para iniciar a fermentação * esse scoby com um pouco do chá de sua fermentação para incentivar a nova fermentação.
1 litro de água quente
1 litro de água fria
5 envelopes ou 5 colheres de chá verde ou chá preto
1 xícara e meia de açúcar demerara orgânico
1 vidro de mantimentos com boca larga e capacidade para 2 litros de água
Lave bem as suas mãos e borrife com vinagre de maçã. Lave bem o seu vidro e esterilize-o com vinagre de maça e logo após para enxaguar, passe água fervendo com cuidado.
Coloque o chá concentrado junto com a água fria num frasco separado e adoce. Misture bem. Espere esfriar.
Coloque o chá no vidro esterilizado e depois o scoby com o líquido que o acompanha.
Finalize encobrindo a boca do frasco com um voal, uma telinha fina para evitar moscas e alguma contaminação.
Coloque num ambiente fechado como um armário e deixe lá fermentando por 7 a 10 dias. Após esse período , jogue o primeiro chá fora deixando 150 ml desse chá junto com o seu scoby. Não precisa lavar o vidro dessa vez.
Faça um outro chá e coloque para fermentar com esse scoby por 5 a 7 dias, prove após 4 dias para sentir a acidez.
Como disse, eu retiro em média com 4 dias, pois notei que em dias quentes ele fermenta muito mais rápido. Se deixar passar muito, ele vai virar vinagre e você poderá usar para esterilizar alimentos e objetos.
Quando fermentado, remova o chá e sempre deixe um pouco para a próxima fermentação. Naturalmente que o seu scoby estará crescido. Com mais uma fermentação, você já pode doar para alguém uma “pizza” dele com um pouco de líquido. Se acumular muito, você pode hospedar tudo num vidro, um sobre o outro com um chá, tampar e guardar na geladeira para ir doando.
Como saborizar?
Sempre escolha vidros esterilizados com boca estreita e tampa com rosca para evitar que o gás saia.

Cuidados nessa fermentação!

Frutas doces tendem a fermentar muito rápido e por isso você deverá deixar um espaço maior para o gás que será formado no interior do vidro. Ao saborizar na proporção de 600 ml de chá para 200ml de suco concentrado da fruta, sem açúcar, numa garrafa de 1 litro por exemplo, sobrará 200 ml na garrafa, deixe esse espaço. Depois de 3 horas fechado, você deve desenroscar cuidadosamente para a saída do gás, feche bem, e volte a fazer isso 3 horas depois.
Em seguida você pode guardar em sua geladeira. Tem pessoas que fazem a cada 5 horas de fermentação esse procedimento, você deve observar a fermentação. Deixe 48 horas fermentando em geladeira e depois poderá provar essa delícia refrescante.
Tome em média 150 ml por dia.

Receita #28

Cookies de Banana

Receita rápida e bem fácil, sem açúcar, lactose e glúten.
3 bananas amassadas ( escolha qual será, banana prata ou d`água)
2 colheres de sopa cheias de óleo de coco
8 colheres de sopa de farinha aveia
1/2 xic. de farinha de amêndoas ou de castanha de caju
8 gotas de extrato de baunilha
1 colher de café de sementes de chia

Você pode acrescentar uva passa, tâmaras picadas, amêndoas ou nozes picadas ao seu gosto.

Modo de preparo: Misture todos os ingredientes com uma colher ou espátula.
Coloque em colheradas e espalhados em uma forma untada seus cookies e asse em forno pré aquecido a 200º por  10 minutos. Vire os cookies e asse  por mais 5 minutos. Essa massa não deixa seu cookie crocante, ele fica macio.
Após esfriar você pode servir, se sobrar, mantenha em geladeira.

Receita #29

Estrogonofe de Palmito

1 xícara (de chá) de aveia em flocos finos *quem quiser sem glúten, procure no rótulo a especificação (sem glúten)
400 ml de água filtrada
4 dentes de alho bem picados
1/2 xícara (de chá) de cebola bem picada
300g de palmito pupunha picado (um vidro)
100g de cogumelos champignon em conserva fatiados ou você pode fazer com o fresco, cogumelos Paris, refogar antes de colocar o palmito, no preparo.
2 xícaras (de chá) de molho de tomate
1/2 xícara (de chá) de água
2 colheres (de sopa) de mostarda amarela
1 xícara (de chá) de salsinha picada
Sal a gosto
Faça o Leite de aveia bem concentrado. Coloque 1 xícara de chá de aveia de molho em 400 ml de água e deixe de molho por 30 min. Bata bem e coe num  coador de voal, se você se animar em fazer um bolo no mesmo dia, use essa pasta que sobra em sua massa.
Refogue com azeite o alho, a cebola e o palmito * lembrando da sua escolha dos cogumelos, daí a ordem do refogado mudará. Refogue o palmito e os cogumelos. Teste o sal.
Coloque  as duas xícaras de molho de tomate concentrado, 1/2 xícara de água e 2 colheres de sopa cheias de mostarda amarela, deixe cozinhando e apurando o sabor. Mais uma vez , teste o sal.
Assim que estiver bem apurado, coloque o leite de aveia e misture bem, adicione a salsinha picada e pimenta se quiser.
Desligue o fogo e pode servir com um purê de mandioca
ou arroz com batatinhas assadas e temperadas, use a sua criatividade.
Uma dica também é fazer com shitake e cogumelos Paris frescos. Hummm eu fiquei com água na boa e vou correndo lá preparar o meu.

Receita#30

“Peixinho-da-horta”

Essa deliciosa receita é uma opção de entrada. Com textura crocante, o “peixinho-da-horta” é considerada uma PANC planta alimentícia não convencional e é muito nutritiva.
Essa hortaliça possui teores significativos de minerais, em especial potássio, cálcio e ferro. Além disso, é uma excelente fonte de fibra alimentar, com um teor de até 13% na matéria seca. Por suas características, o peixinho é considerado planta medicinal.
Essa receita você pode usar para couve-flor, beringela, brócolis que fica ótimo também.
Deixarei a receita na versão vegana e a feita com ovo.
Ingredientes:
Porção para 2 pessoas:
20 folhas de peixinho lavados e imersos em água com 1/2 limão
2 ovos inteiros ou (vegana) 4 colheres de baba de linhaça dourada hidratada por 30 minutos.
Temperos a gosto, sal, pimentas em pó, paprica picante, orégano, alho em pó, cúrcuma em pó.
Misture tudo muito bem.
Para empanar:
1/2 xícara de farinha de mandioca torrada
4 colheres de chá de farinha de arroz.
Coloque numa tigela as farinhas misturadas, mergulhe cada folha na mistura molhada e depois passe na mistura seca.
Unte uma forma com óleo de côco ou azeite e vá colocando cada folhinha empanada e asse em forno médio por 10 min. Veja se é necessário virar . Fica sequinho e crocante. Você vai adorar.
Quem curte uma bate papo com amigos. Essa é uma opção.
Fritura eu não faço. Prefiro assado.
As outras opções empanadas
Couve-flor e brócolis, cozinhar no ponto ao dente com água e sal e depois fazer essa receita.
Beringela, remover a casca, mergulhar em água e limão
Seguir a receita.
Acompanhe com molhos da sua preferência. Na foto mostarda tipo Dijon
Gratidão ❤️
Muita saúde e divirtam-se!!!
 

Receita#31

Série Laticínios Veganos

Iogurte de Castanha-de-caju

Ingredientes

1 xícara de castanha-de-caju crua
3/4 de xícara de kombucha sem sabor
Se você não tiver Kombucha Você pode escolher fazer com um probiótico vegano vendido em sachês, quantidade, 1/2 sachê por receita ou Kefir de água, 3/4 de xícara, ou fazer um rejuvelac 3/4 de xícara também para a quantidade de castanhas
Modo de preparo
Deixe as castanhas de molho durante a noite. No dia seguinte, escorra e descarte a água;
Após isso, adicione as castanhas ao liquidificador com a kombucha e bata até obter um creme liso;
Coloque o creme em um pote de vidro e cubra com um voal;
Deixe sobre a bancada e longe do sol por 24 horas para fermentar;
Após esse tempo, misture bem até ficar lisinho e leve à geladeira.

Receita #32

Iogurte de Manga Vegano

Ingredientes
  • 2 colheres de sopa de linhaça (marrom ou dourada) previamente hidratada por 8 horas
  • 1 limão médio (ou um maracujá bem azedo)
  • 3 a 4 mangas palmer bem maduras
  • 1 cenoura média
Modo de preparo
  1. Coloque as sementes de linhaça hidratadas no liquidificador com um pouquinho do suco de limão (para evitar oxidação) e bata até obter uma textura gelatinosa;
  2. Após obter o leite da linhaça, coloque os demais ingredientes no liquidificador e bata bem;
  3. Coloque em recipiente de vidro com tampa e leve à geladeira por, no mínimo, oito horas.

 

Receita #33

Pudim de Sementes de Chia

Ingredientes:

Leite de coco 100ml

Sementes de chia, 4 colheres de sopa

2 colheres de melado de cana

Suco de 1 manga palmer bem gelado e concentrado. *bata a manga com pouca água, não adoce.

O pudim é feito montando em um copo, 1 camada de suco de manga concentrado, 1 camada de leite de coco misturado com as sementes de chia, depois melado * opcional e, por último, suco. Pode decorar com folhas de hortelã ou granola.

Experimente usar outras frutas, até chocolate, quando faço com chocolate, uso 1 colher cheia de cacau em pó, 100 ml de leite de aveia e duas bananas d`água com 3 tâmaras picadas, bato tudo muito bem e uso com a mistura de chia e leite de coco. Esplêndido!
Uau fica demais! Eu adoro nesse verão!

A chia é uma semente considerada um superalimento com diversos benefícios para saúde, que incluem a melhora do trânsito intestinal, melhora do colesterol e até diminuição do apetite, pois ela é rica em fibras e vitaminas.

As sementes de chia tem em sua composição ômega-3, antioxidantes, cálcio, proteínas, fibras, vitaminas e minerais, que fazem desta semente um excelente complemento nutricional, natural e econômico

 

Receita#34

Requeijão de Inhame

80 gramas de castanha de caju

150 gramas de inhame cozido

1 colher de chá de sal

1 limão tahiti

1/2 xícara de água

 

Deixe a castanha de molho por cerca de 8 horas. Remova a água e bata no liquidificador a castanha colocando um pouquinha da porção de 1/2 xícara de água, vai colocando essa água se necessário, e coloque também o inhame cozido e vai batendo, evite colocar água demais, você vai verificando a cremosidade. Quem tiver um mix, é melhor bater uma pouco no liquidificador e depois no mix para ficar bem cremoso.

Coloque o sal e o suco do limão. Coloque 1/2 limão primeiro e veja se está a seu gosto, se não, coloque o restante.

Você pode usar essa receita tradicional ou inclua, 1/2 dentinho de alho. Outra dica é colocar curry e salsinha. Fica ótimo!
Você pode usar no pão, de preferência sem glúten, na tapioca fresca ou em pizzas que você pode fazer a massa com farinha de arroz e fécula de mandioca.

Aproveite para ter em casa um requeijão delicioso, sem conservantes e leite animal.

Seu corpo vai te agradecer!

 

Receita #35

Moqueca de Banana da Terra

Em estações como outono e inverno podemos aproveitar as receitas mais quentinhas e saborosas, como a moqueca de banana da terra.

A banana da Terra é a queridinha de muitos, pode ser consumida assada, frita, cozida, como purê ou moqueca.

Ingredientes:

3 bananas da terra cortadas em rodelas ou cortados em diagonal, ambos os cortes deve ter em média 2 cm, coloque em água, sal, pimentas a seu gosto e suco de meio limão

2 tomates frescos picados em tamanho médio

1 cebola  grande cortada em lascas médias

2 dentes de alho amassados

2 xícaras de molho de tomate

1 pimentão verde médio picado em lascas grandes

1 vidro pequeno de leite de côco

1 colher de sopa de gengibre fresco ralado

Um punhado de salsa, cebolinha e  muito coentro bem picadinhos

Azeite de oliva ou óleo de cocô para o preparo da banana e molho
dendê para o molho, um toque especial, *o dendê é o ingrediente que dá o toque nessa receita baiana. Usamos com moderação, uma colher de chá ou como ficar a seu gosto.

Sal e pimenta à gosto *para esta receita, prefiro a pimenta calabresa ou 1 pimenta dedo de moça sem muitos caroços para não ficar forte demais.

Modo de preparo

  1. Coloque as bananas da Terra marinando em uma tigela  com sal, pimenta do reino e um pouco de limão.
  2. Em uma panela não muito pequena, doure o alho, a cebola, o pimentão e o gengibre ralado em azeite de oliva ou dendê, como preferir.
  3. Quando estiver dourando um pouco, coloque os tomates frescos, o molho de tomate e o leite de côco. Abaixe um pouco o fogo e deixe que os sabores de todos os ingredientes se misturem bem por cerca de 5 minutos. Teste o sabor.
  4. Enquanto o molho está apurando sabores, aproveite para preparar as bananas. Em uma forma untada com azeite de oliva ou óleo de côco, arrume as bananas já sem a água, salpique sal e pimenta. Reserve uma outra parte de bananas para fazer outra camada.
  5. No final do preparo de seu molho , coloque um pouco das ervas e desligue o fogo. Reserve um pouco para servir à mesa.
  6. Acrescente o molho junto às bananas , coloque ervas, em seguida cubra com o restante de bananas e coloque mais molho por cima.  Leve ao forno médio por 25 minutos, ou até você perceber que está tudo bem incorporado. Já à mesa, acrescente azeite, coentro picado para colocar a seu gosto.

Esta receita pode ser servida com arroz, farofa, quinoa, basta seguir a sua intuição. Eu também gosto muito de servir com agrião.

Bom apetite!

 

2 respostas

Os comentários estão fechados.