Autora Kátia Erbiste

Estamos aqui com base numa escolha, e ao chegar à fisicalidade iniciamos o processo horizontal da existência. Além de ter vislumbres de nossos fractais, nossas heranças fora daqui, a densidade dessa nova forma e formatação de vida foi introduzindo uma modelagem menor do que realmente somos.

Vivendo na linha do tempo, fomos cada qual caminhando e conduzindo as bagagens repletas de informações pautadas nos locais marcados e que tem se sustentado com as referências na trajetória linear da horizontalidade. É claro que em alguns momentos  pudemos sair dessa linha exercendo a potência que está armazenada em nosso dínamo matricial e fomos ganhando espaços amplos dessa consciência de unidade. Todo o processo de vida nos faz chegar a um ponto da linha do tempo que nos impulsiona para a verticalização. Você não está lendo esse artigo por acaso.

E tudo o que viemos criando tem base em nossa computação. Aqui criamos o gravador mental e fomos memorizando e computando as informações que se relacionam com outras informações. Funcionamos aqui muitas vezes como um programa de computador, por não mais estarmos tão focamos na linha vertical e isso nos força por ressonância à essas informações construir mais dessas linearidades e concentricidades. Nossa bioquímica responde diretamente à essas vertentes e isso cria um corpo relativo à programação escolhida, que muitas vezes culmina numa doença.

Vamos imaginar um aplicativo, ele foi construido com informações afins, você adere à esse aplicativo por afinidade também. Tanto internamente como externamente, na explantação ou implantação da informação, somos condicionados a ressoar de acordo com essas informações afins. Daí criam-se ondas que ressoam para criar a realidade na qual estaríamos emaranhados.

Você já reparou os algoritmos na rede atual? O engajamento acontece quando interesses afins de cruzam. Esses dados se comunicam para criar mais engajamentos. Isso acontece também de forma orgânica, uma vez liberada a informação para pontos estratégicos, o engajamento é gerado.

Voltando a sua configuração neural não há diferença quanto a essa computação. As digitalizações, computações, considerações modelam a forma com que você se aparenta, a forma na qual você se relaciona e é visto no mundo. Agora, posso te adiantar que isso pode não ser realmente o que você veio ser. Se você vive numa computação do que você aprendeu e de como o sistema de crenças impõe realmente fica bastante limitada a criação de um viver glorioso aqui.

Se você escolhe ser contribuição aqui no Planeta Terra e deseja criar uma realidade diferente (não crie sua realidade baseada no que outras pessoas dizem que é certo, errado, bom ou mau, mas o que é realmente valioso para você a um nível mais expansivo), e se isso tem ligação com a mudança do Planeta Terra, se você reconhece que é uma contribuição para a Terra, você já está mudando esta Terra. É a sua escolha. Não esteja na computação da sua própria vida. Esteja vulnerável, permissível.

Quando você computa você paralisa a onda acústica de possibilidades. Você mantém as partículas que são sustentadas para garantir as recorrências e maior solidificação das informações que te mantem na visão do cenário limitado de sua vida.  Quando você fica na pergunta e escolhe a cada 10 segundos, você pára de criar computações, invenções e julgamentos. Assim criando possibilidades, você poderá criar algo diferente do que a sua equação matemática e mediana. Que agenda secreta para a criação de você como estando na computação de sua própria vida e sua própria realidade única e  através das realidades virtuais e vibracionais que evitam a mudança por te arrastar para não escolha, não consciência total do que é verdadeiro e valioso para você, poderia AGORA e por toda a eternidade destruir e descriar tudo isso? SIMMM?

Crie possibilidade, essa é a capacidade inata de um ser infinito. Vivemos na oportunidade a maior parte das vezes e não na “possibilidade”. Feche os olhos por um instante e pergunte: O que é maior? Oportunidade ou Possibilidade?

Você pergunta “o que eu escolho agora? ” só que você olha através da  sua realidade vivida e da realidade de outras pessoas para descobrir o que você vai escolher. Você foi ensinado a fazer isso
desde o dia em que você chegou aqui. Isso tem funcionado para você realmente? Sim ou não? Você tenta encontrar sua realidade através da realidade de seus familiares e outras pessoas, mas você não é nada como eles. Você pode escolher sem computação, invenção e julgamentos do que quer que tenha conhecimento?

Aqui no nível humano não há como saber sobre você se engajando com as formas criadas por outros. Aqui só podemos criar algo diferente verticalizando. Cada um possui o chamado.
Qual realidade estaria disponível para você agora sem definições, conclusões, computações rejeições e julgamentos? O que fica quando você se abstém de repetir o condicionamento? O que fica ao escolher a possibilidade da mudança fora da realidade virtual e vibracional, da computação ideológica e racional condicionada aqui?
………………………

Tentamos entender muita estupidez nessa realidade, e criamos computação para salientar mais estupidez por engajamento. Achamos que poderemos mudar desse lugar , só que já estamos emaranhados na mentira que  entorpece a voz do Ser infinito. Cada vez que você escolhe mais, você abre espaço e a percepção do peso que esse engajamento traz é gigantesco. Daí você percebe onde esteve e faz outra escolha de sair desse lugar.

Quantas pessoas você tem visto presas nessa jaula da computação e engajamento com a estupidez e insanidade dessa realidade? E se você agora percebendo a dimensão e expansão que uma pergunta e uma escolha fazem na criação de uma realidade diferente para você, quantas possibilidades estariam disponíveis? Escolha o que expande! Escolha cria!

Que estupidez você está usando para criar a invenção, a intensidade  artificial e a computação matemática do terreno mediano para a instituição da mediocridade como a perfeita fórmula para a criação da maximização da realidade humana você está escolhendo? Você pode agora destruir e descriar tudo isso? SIMMM?

E se agora for a hora de escolher se aprofundar nas ferramentas de Access Consciousness?
Estou a disposição Ser Infinito!

Em Breve, dia 26 de agosto de 19:30 às 21:30  darei um workshop ONLINE onde aprofundarei sobre essas ferramentas chamado Conexões Magnéticas. Mais informações aqui
https://forms.gle/YncC1M1rxusxgNKv6

Conheça o Trabalho da Facilitadora através dos links
Instagram https://www.instagram.com/criandoexp/
Facebook Página https://www.facebook.com/criandoexpansao/
Facebook Grupo  https://www.facebook.com/groups/2407866479513120/
Telegram https://t.me/criandoexpansao
Sound Cloud https://soundcloud.com/katia-erbiste
Youtube https://www.youtube.com/channel/UCv9_rRUWymEryODF5-R5kAw
Agenda de Cursos Kátia Erbiste CF 2020 https://katiaerbiste.com.br/agenda-katia-erbiste/